As montanhas de Aspen

Estive em Aspen em fevereiro de 2013 para conhecer, visitar a Tati e fazer umas aulas de Snowboarding \o/ Vou listar aqui algumas informações sobre o esporte (pra quem nunca praticou), as montanhas, o transporte, onde comer, onde ir a noite e etc.
 Ps.: Meus agradecimentos infinitos a Tati que ajudou com várias informações nesse post, me recebeu na casa dela, deu todas as dicas pra eu aproveitar meus dias lá da melhor forma possível, e ainda deu descontinhos nas aulas de snow =P
A cidade é micra, com uma população fixa muito pequena. Pra ter uma noção, Ipanema por exemplo (que é apenas um bairro) tem mais de 40mil pessoas, a cidade de Aspen, inteira, tem menos que 6mil pessoas. 
No inverno a cidade fica sempre mais cheia (no verão até tem movimento, mas nem se compara) por causa da neve. Pessoas do mundo todo vão pra fazer ski e snowboard – e cidade tem  um monte de evento de inverno que atrai os visitantes, inclusive os X Games – que acontece sempre no final de janeiro.  
A pista do X Games de 2013
Aos interessados, antes do X Games, tem a Aspen Gay Ski Week (que dura na verdade 2 semanas, não uma semana só). Junto com esses dois eventos vem várias outras atividades, como a cidade tá sempre muito cheia, é quando tem os melhores shows e festas. Natal e Ano Novo sempre fica bem cheio também. A cidade fica o inverno todo cheia de luzinhas, como se fosse Natal. Essa foto aí embaixo eu tirei no Carnaval de 2013. 
Aspen, Fevereiro 2013
Algumas outras fotos da cidade: 
 
 
 No verão não enche tanto quanto no inverno, mas tem muito mais opção de atividades pra fazer. Vários festivais de música, comida, vinho e balão. Além de hiking, mountain biking, pesca, golf, acampamento, kayak, voar de balão, saltar de parapente e a cidade também tem várias pistas de skate! Infelizmente eu só estive em Aspen no inverno (mas um dia, volto, no verão). 
Não fiz nenhuma trilha (porque como eu disse, só fui no inverno – as montanhas ficam com acesso restrito), mas todas as montanhas ficam abertas no verão. Então é só sair explorando todas elas. Além das montanhas, Aspen tem calçadas que ligam à, praticamente, todos os lugares da cidade. Então é bem fácil ir andando de um lado pro outro.
No verão os ursos estão acordados e  aparentemente as vezes eles andam pelo meio da cidade nesses caminhos! Mais um motivo pra eu voltar no verão :)

ESTAÇÕES DE SKI E SNOWBOARD

Na verdade é uma só, a Aspen Skiing Company regula todas as montanhas. Apesar de ser teoricamente uma estação só,  são 4 montanhas diferentes: Buttermilk, Snowmass, Aspen Mountain e Highlands.
Dica: Aula pra iniciante só em Buttermilk e Snowmass.
 As pistas são classificadas em ordem de dificuldade, começando na green, blue, black até a double black.
 
Escola de Ski e Snowboard de Buttermilk


BUTTERMILK

A maioria das pistas são green e blue, é considerada a montanha dos iniciantes. Onde eu fiz minhas aulas e onde estava montada a pista do X Games 2013. 
Eu no topo da Buttermilk Mountain – fevereiro 2013
 

SNOWMASS

A maior delas e a preferida da maioria eu conheci. Por ser a maior é que mais tem variedade de pistas. Fui lá visitar, e realmente é bem legal. Pena que não tem aula pra iniciante lá. 
Os lifts de Snowmass – Fevereiro de 2013

 ASPEN MOUNTAIN (AJAX)

É conhecida como Ajax. Segundo a Tati, até pouquíssimo tempo só podia ski, recentemente foi liberado o snowboard também. Mas, apesar de ser permitido o snow, a maioria das pessoas que vão pra Ajax são skiers (na verdade, em todas as montanhas os snowboarders são bem minoria).

HIGHLANDS

Considerada uma montanha para os experts. É linda demais! Dá pra vê-la do alto da Buttermilk. Ela é bem íngrime e por isso tem poucas pistas green. É onde tem o Bowl. Pra ir até o Bowl tem que pegar um lift e depois ainda ir pela trilha até o topo dele, levando sua board ou ski nas mãos. Só os MUITO pro chegam lá. Eu obviamente só vi de longe :) 

SKI OU SNOWBOARD?

Depende. Eu fiz Snowboard porque me parecia mais legal. E no primeiro dia de aula eu descobri que o “normal” (normal, mas não é mandatório) é ter alguma noção de ski antes de fazer snowboard. Eu era a única do grupo dos begginers que nunca tinha esquiado.
E todas as montanhas sempre tem tipo 50 skiers pra 1 snowboarder. Talvez seja melhor mesmo ter alguma experiência com ski antes de tentar snowboarding.
Você vai perceber que existe uma implicância de leve (na amizade) entre os praticantes dos dois. Tipo as piadinhas que quem anda de skate faz com quem anda de patins. Sem preconceito, eu curto os dois esportes :)
Meu professor de snowboarding (entre as brincadeiras que ele fazia com os milhões de professores de ski dizendo que é muito mais fácil que snow, coisa de “loser”) me explicou que não é que seja mais fácil, mas o começo é, tem apoio das mãos que faz uma diferença.
Mas uma vez que se aprende o básico, a evolução é muito lenta, ou seja, todo mundo ali sabe descer a montanha, mas não vai muito além disso (a maiora não faz manobra nenhuma). E o snow é mais difícil no começo, não tem apoio, seus dois pés estão presos na mesma prancha, cai muito, machuca (eu fiquei com as costas e braços doloridos da força que eu fazia pra me levantar toda hora, caí milhões de vezes, e obviamente, algumas vezes machucaram…) por isso que os begginers evitam o snow, porque em 4 ou 5 dias de aula, o ski vai ser mais divertido.

O VÍDEO DA MINHA PRIMEIRA AULA :)



 
DICAS
  • Faz o esporte que você quiser. Se quiser fazer snow, faz, não vai esquiar só porque a maioria esquia. :) Aliás, eu paguei aulas EM GRUPO de snowboard, e fiz aula particular, todos os dias. Porque não tinha nenhum begginer pra fazer aula de snow. Já os professores de ski, tinham grupos de uns 10 alunos em média. Ou seja, paguei o mesmo valor que todo mundo, mas fiz aula particular heheE se você é iniciante, como eu, recomendo muito fazer as aulas em Buttermilk, que é a montanha dos iniciantes e ao mesmo tempo, tem pistas sinistras (o XGames rolou lá esse ano). 
  • E se for Snowboard, recomendo fortemente que você faça suas aulas com o o Kevin Lee Shelton (é só pedir no balcão pra ver se ele está livre), o famoso K9 é atleta de skate e snowboard há anos, já competiu pelos dois esportes no mundo todo (no Brasil inclusive), além de ser super engraçado e paciente com a queda alheia ;)
 
Kevin Lee Shelton – k9 – Snowboarding Instructor in Buttermilk Mountain
Obs.: Para fazer as aulas, tem que falar inglês. Pelo menos um pouquinho para entender o que o professor está explicando… São todos americanos. 
Foto tirada do refeitório no alto da Buttermilk
 
TRANSPORTE EM ASPEN
 
Ônibus pontual e de graça! \o/
 Não vale muito a pena alugar carro pra andar por lá (se precisar, para ir a cidades vizinhas, alugue no aeroporto de Aspen). A cidade é muito pequena e dá pra fazer tudo a pé. E os ônibus são de graça e passam por todos os cantos (super preparados para os skiers e snowboarders levarem seus equipamentos). Se o ônibus principal não vai até onde você quer ir, provavelmente tem uma shuttle que leva!

Os ônibus tem horário certo pra passar e são geralmente pontuais e os intervalos são curtos. Eu estava hospedada na casa da Tati em Snowmass e ia pra Buttermilk de manhã pra aula de snowboard. Pegava o bus todos os dias no mesmo horário, cravadinho.

 
O ônibus e os skis e boards do lado de fora.
 
 
o ponto de ônibus da frente da casa da Tati

ONDE COMER

O que mais tem em Aspen é restaurante e vale lembrar que como a cidade é cara, os restaurantes são caros. Tem vários, dá uma olhada aqui In Town Dining. De qualquer modo, minhas recomendações são:
ROCKY MOUNTAIN CHOCOLATE FACTORY
O melhor chocolate do universo. TEM que ir lá comer uma sobremesa, tomar um chocolate quente… Eu ia todo dia, e no último dia ainda comprei uns pra trazer pro Brasil. Recomendo mais que qualquer restaurante. 

HICKORY HOUSE
Melhor costela do Colorado, é provavelmente o restaurante mais barato da cidade. Para os amantes da carne e daqueles hamburguers americanos imensos, recomendo fortemente! 
Tati e eu no Hickory

CAMPO DI FIORI
Restaurante italiano de verdade, todo mundo que trabalha lá é italiano. Recomendo fazer uma reserva. Na verdade, é bom fazer reserva em todos os restaurantes de Aspen (exceto o hickory).

CREPERIE DU VILLAGE
Creperia deliciosa, tem também fondue. Aliás, o fondue de queijo é animal demais. Mas o restaurante é pequenininho e a cozinha é aberta, então a gente saiu de lá defumado.
A entrada da Creperie du Village – Aspen – Fevereiro de 2013

BB’S KITCHEN
Eu não fui, dica da Tati: É MUITO bom, a comida é uma delícia, é bem carinho, mas vale a pena.

VENGA VENGA
Mexicano em Snowmass. Se você, assim como eu, não é um grande fã de piementa, avise ao atendente :)
NEW YORK PIZZA
O podrão de Aspen, abre pra almoço, mas bomba as 2 da manhã quando a galera tá saindo da night (todas as nights encerram as 2h da manhã) e vai lá comer. Fatia gigante de pizza por 6 dólares. Toda a gordura pós-night que você precisa pra ser feliz :) 
Essa foto aqui do lado é uma parede do NY Pizza.
 
 
A NOITE
Já vou adiantando que Aspen é um lugar super voltado pra prática de esportes, as pessoas acordam cedo e vão pras montanhas e a night acaba as 2 am. E não é tipo “esvazia as 2h da manhã”, é ACABA MESMO, as boates fecham. Se você gosta de night, é melhor começar cedo. Sair de casa meia-noite tipo no Brasil não vai rolar.
Não paga pra entrar, só o que consumir. Todo mundo vai de ônibus (que é de graça, com hora marcada, limpo, organizado). Como as boates fecham as 2am, tem bus até um pouco depois desse horário. Mas é bom conferir qual o horário do último, se não, vai ter que esperar até de manhã.
As boates lotam em dias específicos (que você aprende com o tempo, mas como eu estava hospedada na casa de uma pessoa que morava lá, o macete estava dado). A maioria fica a um quarteirão de distância uma da outra. Como não paga pra entrar, dá pra ir de uma pra outra, até decidir onde ficar.
Listei aqui o dia ideal de cada uma delas:

 

Segunda: Karaoke no Ryno’s

 

Terça: Escobar, é boate, mas não fica muito cheio (mas o lugar é irado, simula um avião por dentro) 


Quarta: Ladies Night no Regal. De lei, a cidade toda vai, todo mundo se encontra lá. E mulher bebe de graça até 23h.

Quinta: Eric’s. É bar, e para a galera mais velha, o lugar é mais calmo, tem sinuca e tal, mas sempre fica bem cheio.
Sexta, sábado e domingo: Normalmente a galera se divide entre o Escobar e o Regal, ou fica de olho se tem alguma festa na cidade, ou festival de música.
Como eu prefiro show do que night, vai a dica: BELLY UP
É um bar meio casa de show, tem dias que são de graça, mas a maioria é pago.
Eles passam jogos de futebol americano também. Vi lá um cover do Red Hot Chili Peppers, e um show do Silversun Pickups, os dois foram bem legais.
 
 
 

ONDE FICAR

Eu fiquei na casa da Tati, portanto, entendam isso aqui como uma dica baseada em pesquisa. Aspen é uma cidade cara e tem muitas opções de hotéis, a maioria caro. 
ST. MORITZ: Segundo a Tati, é disparado o hotel mais barato de Aspen. Fica bem na ciadade mesmo, zero luxo. Se não me engano o banheiro é compartilhado, não chega a ser considerado albergue, mas poderia ser.
TYROLEAN: Também está entre os mais baratos, fica bem na main street, em frente ao ponto de ônibus e não é tão albergue quanto o St. Moritz.  
VICEROY: Luxo, aaalto luxo (obviamente não me hospedei lá hahaha) Fica em Snowmass, mas é excelente, 5 estrelas, tem seu próprio lift pra montanha. Cheio de famílias ricas americanas que vão esquiar juntos nas férias.
ALUGAR UMA CASA: www.vrbo.com
Se for um grupo de pessoas vale a pena alugar uma casa, tem várias que alugam por temporada. É muito normal. Grupos de estudantes de outros lugares do mundo que vão pra lá fazer Work Experience (intercâmbio de trabalho remunerado nas férias) alugam, grupo de amigos ou famílias que vão pra lá juntos pra praticar esportes de neve também. Vale mais a pena que hotel, posso comparar com alugar uma casa na praia com amigos no verão, aqui no Brasil.
A janela da casa da Tati em Snowmass
 
A casa alugada em 2013.
COMO CHEGAR EM ASPEN

Tem o aeroporto de Aspen, que é o Aspen/Pitkin County Airport. É muito pequeno, juro que é menor que a rodoviária do Rio. Tem poucos voos por dia e o aeroporto fecha cedo porque é quase impossível voar a noite lá, por causa das montanhas em volta. Tem voos direto de San Francisco, Los Angeles, Houston, Dallas, Atlanta, Chicago e Minneapolis, além de Denver, é claro. Denver é a capital do Colorado e tem um aeroporto internacional, pode ser a opção mais fácil. 
Dica da Tati: Se for um grupo de pessoas eu aconselharia ir até Denver e alugar um carro no aeroporto até Aspen, dá umas 4 horas de viagem, de avião de Denver pra Aspen leva 45 minutos. Se for no inverno é importante que o carro seja 4×4, por causa da neve. A estrada é tranquila e o caminho é LINDO! Sou apaixonada pelo Canyon do Colorado, vale muito a pena fazer essa viagem de carro só pela vista. 
 
OUTRAS DICAS
PASSEIO DE BALÃO
Mesmo no inverno, dá pra andar de balão, é caro. Mas vai sair mais barato do que o rio de dinheiro que os brasileiros gastam no freeshop :P Eu não fui porque a digníssima do Obama estava lá e fechou o espaço aéreo, só avião comercial estava liberado.
MARRON BELLS
No inverno só dá pra ir de trenó ou snowmobile, é um passeio caro, mas bem bonito. Essa foto é do verão, e infelizmente não é minha porque eu não fui lá. Não façam como eu, não deixem de ir. 
Marron Bells – foto da wikipédia
Placas de trânsito de Aspen
 Pra fechar o post: Queria agradecer as pessoas legais que conhecemos lá: Serena Hong, Adriana Badaró, Lunna Pigatto, Noah Hendricks, Duda Marques, Fernando Silveira, Javier Cardenas (que depois ainda me deu dicas sobre Susco para uma outra trip) entre outros. Em especial a Tati Silveira (que além de ajudar com o post, nos hospedou) e a Renata Oberlaender, companheira de viagem já de outros carnavais…

8494420544_03745d0248_o

 

 É isso. Preparem os casacos e boa viagem :)
 

2 comentários sobre “As montanhas de Aspen

  1. Ameeei! Tudo, tudo! O post, receber vocês na minha casinha, as dicas! Sou completamente apaixonada por Aspen e por isso sou suspeita, mas é um lugar que vale muito a pena visitar! Precisamos ir no verão! Beijo, Lu!

    Tati

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s