Praga, República Tcheca

Praga é uma cidade bem pequena, com uma cara meio medieval e um rio partindo a cidade ao meio. O centro histórico é bem no estilo das capitais da Europa, ruas estreitas, tudo super antigo, mas conservado. Vou listar aqui os principais pontos da cidade.

Dá pra fazer tudo com um mapa da cidade na mão, andando de metrô, bonde e caminhando. Em três dias dá pra visitar os principais pontos e explorar um pouco, sem roteiro.

O mapa, com os pontos marcados, pra você se localizar:

Astronomical Clock (Staromestska Radnice)

O Relógio Astronômico de Praga é foi instalado em 1410. Fica no meio da Old Town Square. Ele mostra a posição do sol e da lua e um anel zodiacal representando os meses (e o zodíaco). A cada mudança de horário as estátuas se mexem (a caveira, representando a morte e os 12 apóstolos). Vale a pena tentar esperar uma hora exata pra ver o relógio se mexer… Você pode passear pela praça, visitar a Catedral ou tomar um café pra fazer hora.
a noite – 2011
Old Town Square – 2011
A caveira – detalhe do relógio – 2008

Church of the Lady Mary Before Tyn (Chrám Matky Boží před Týnem)

É uma igreja gótica do século 14. Fica perto do relógio, da praça.
Church of the Lady Mary Before Tyn – 2008

Castelo de Praga (Prazsky hrad)

Vista do Castelo de Praga – 2011
O bonde que leva até o castelo – 2008

Lesser Town (Mala Strana)

Mala Strana ou Lesser Town é o bairro que fica na beira do morro onde é o Castelo de Praga. Vale a pena descer por lá pra ver os detalhes da arquitetura antiga e as ruas pequenas. E é caminho para a Charles Bridge.

Ponte Charles 

A ponte foi construída no século XV, tem 30 estátuas. É cheia de pintores, músicos e não passa carro.
Charles Bridge 2008
Ponte San Charles – 2008
Músicos locais dançando na ponte – 2008

Catedral de San Vitus (Chram Svateho Vita)

St. Vitus Cathedral – 2011
St. Vitus Cathedral 2011
St. Vitus Cathedral 2011

Prague Black Light Theatre

Existem vários teatros de luz negra pela cidade, é uma atração tradicional da cidade. Não precisa reservar com antecedência, quando você chegar lá, caminhando pela Old Town durante o dia, pesquisa os preços e escolhe um. São teatros mudos (sem fala, mas com música) com luz negra, tudo escuro com a luz negra iluminando o palco. É interessante. Não tenho foto lá dentro porque não pode tirar foto. Mas é ideia é que com a luz negra, só aparece o que é branco. Achei um vídeo de exemplo:

Old New Synagogue of Prague

A sinagoga mais antiga do mundo e o cemitério judaico fica bem em frente. Vale a vista nos dois.
The Old-New Synagogue 2011
A cidade é pequena, é fácil de se movimentar por lá… Mas tem dois pontos de atenção pra dificultar sua vida: Idioma e Moeda.

O primeiro obstáculo: O idioma

oi?
Eles usam acento circunflexo de cabeça pra baixo em cima do S!
Inglês resolve quase tudo. Mas tenha anotado pelo menos o nome da rua do seu albergue (e o nome do albergue, se for bizarro). Eu tive que pegar um taxi do aeroporto, porque eu peguei um voo low coast que chegou as 3h da manhã, e a primeira pergunta do taxista foi: Não conheço esse hostel, qual em que rua?
Se eu não tivesse anotado aquele palavrão cheio de consoante, ia dar um trabalho pra descobrir. A outra situação foi um restaurante sem cardápio em inglês (péééssima ideia), nada que um diálogo com a atendente não resolva, mas se evitar, você ganha tempo.
Mais uma placa que não dá pra ler – 2008

O segundo obstáculo: A moeda

O euro não é aceito em todos os lugares, e a conversão é bizarra. 1 Euro = 27 Coroas tchecas. Todos os números assustam, paguei “70 e poucos dinheiros” numa água no aeroporto assim que cheguei pra tomar um primeiro susto. Sua melhor amiga é a calculadora do celular.

Dica: Já que você vai estar por lá, visite os vizinhos :)

Tem trem DIARIAMENTE para
Budapeste, Viena, Nuremberg e Budapeste, Hungria: umas 6h de viagem – cerca de 80 euros.
Viena, Áustria:  umas 4h de viagem – cerca de 70 euros.
Nuremberg, Alemanha: umas 4h de viagem – cerca de 60 euros.
Munique, Alemanha: umas 6h de viagem – cerca de 80 euros.

A boa é dar uma olhada nos vôos pelo Kayak também, de avião é sempre mais rápido, e tem trecho que sai mais barato nos vôos de madrugada de companhia aérea low coast (já peguei dois dos trechos acima a 20 euros).

Boa viagem!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s