Chile, Peru e Bolívia

Esse é um post resumão com o roteiro, começando pelo Chile, atravessando o deserto do Chile pra Bolívia (San Pedro de Atacama até o Salar de Uyuni), seguindo pra La Paz, Copacabana, Isla del Sol (Lago Titicaca), depois cruzando a fronteira com o Peru até Cusco, seguindo pra Machu Picchu (pela trilha Inca), e fechando a viagem em Lima.
Mapa com os pontos principais da viagem:

Roteiro:

A trip toda durou 18 dias.
Voamos até Calama pra começar a travessia do deserto:
RIO > CALAMA

VOO 1 – Galeão (21:00) – Buenos Aires (00:20)
VOO 2  – Buenos Aires (05:55) – Santiago (07:20)
VOO 3 – Santiago (08:35) – Calama (10:40)
Ps.: Fazer 3 voos, foi cansativo, mas era a opção mais barata, obviamente. Dava pra voar Rio > Santiago > Calama.

CALAMA > SAN PEDRO DE ATACAMA

Chegamos em Calama as 10h40 e pegamos um transfer para San Pedro.
Calama tem um aeroporto no meio do deserto. Basicamente todo mundo que voa pra lá tem o mesmo objetivo: chegar em San Pedro. Basta chegar no aeroporto e você vai ver um monte de motorista local oferendo transfer pra lá. São pessoas aleatórias. Não espere um ônibus pro centro da cidade pu taxis como em aeroportos normais.
Parece perigoso entrar num carro de um homem – sem pertencer a uma empresa, sem ser taxi… Mas foi tranquilo. Se você estiver viajando sozinho, converse com os outros mochileiros no aeroporto, pra fechar um grupinho e rachar o custo (você vai ver que todo mundo vai estar na mesma, tentando arrumar um transfer pra San Pedro, seja sociável).
Chegando em San Pedro de Atacama, passeamos pela ‘cidade’ pra conhecer, e no dia seguinte já começaríamos a travessia do deserto (3 dias).
Ficamos no Hostal Rural – esse da foto aqui em baixo – super recomendo.
Mel, eu e Sah na ‘cidade’ de San Pedro de Atacama
Tour astronômica:
Havíamos agendado (sem custo) a Tour atronômica pela Spaceobs (R$75) que sairia às 19h mas o tempo estava nublado e não conseguimos fazer. Altamente recomendado. Todos os reviews dizem que o céu do deserto é incomparável… Pelo visto, vou ter que voltar pra conferir.

A travessia do deserto (do Chile pra Bolívia)

Reservamos no Brasil, pela internet: Passeio no Deserto de Atacama pela Kanoo Tours/Cordillera Traveller ($203).
Eles buscaram a gente no hostel e tudo. Super tranquilo.
Algumas informações importantes:
– São 3 dias de travessia.
– Onde dorme? Eles tem “abrigos” no meio do deserto
– Leve seu saco de dormir, compre um que aguente temperatura negativa.
– É preciso levar 2l de água por pessoa, lanterna, lanches
– Esteja preparado para calor infernal e muito frio, no mesmo dia – papo de -20º de madrugada.
– O motorista mesmo vai levar “comida” pra preparar nas paradas para refeições, mas leve uns snacks.
– Dica: aceita a folha de coca logo no começo, não é droga, não é ilegal e sem isso é certo que você vai passar mal. Fato.
TRAVESSIA DIA 1: SAN PEDRO DE ATACAMA – DESERTO DO ATACAMA
San Pedro de Atacama – Fronteira Chile/Bolívia – Hito Cajon – Laguna Verde – Geysers
Essa casinha é a imigração da fronteira Chile-Bolívia no meio do deserto. Tem que parar pra carimbar o passaporte aí.
Geysers – Deserto do Atacama
Laguna Verde
TRAVESSIA DIA 2: DESERTO DO ATACAMA
Laguna Colorada – Desierto de Siloli – Laguna Honda – San Juan
Laguna Colorada – Deserto do Atacama

Laguna Honda – Deserto do Atacama

Desierto de Siloli – Deserto do Atacama
TRAVESSIA DIA 3: SALAR DE UYUNI 
Salt Flat (Salar de Uyuni) e cemitério de trens.
Fechamos a travessia em Uyuni (a cidade). Jantamos por lá e pegamos um overnight bus pra La Paz
– BUS LEITO Uyuni (19:30) – La Paz (06:00)

Salar de Uyuni – Bolívia

Salar de Uyuni – Bolívia

LA PAZ

DIA: Chegamos pela manhã em La Paz, passamos o dia caminhando e conhecendo a cidade. Tem vários mirantes, a cidade parece uma grande favela, visualmente falando.

La Paz – Bolívia
Hostel: Loki  (Quarto misto, com 14 pessoas por +-$7 per person)
No hostel mesmo compramos passagem de ônibus: La Paz > Copacabana e Copacabana > Cusco. Sobre o hostel: é super bem localizado, eles tem restaurante, bar, festa… Aquele clima normal de albergue. E bom… Num quarto misto com 14 pessoas, você não pode esperar muito, certo? É ok pelo preço. Tem locker pra trancar tua mochila, um número suficiente de banheiro pro número de dormitórios. É justo.
NOITE: Jantar e a festa do Hostel Óbvio que eu não aguentei a festa mais que 30 minutos, mas pra quem gosta… É tipo boate, normal. DJ, drinks, os hóspedes bêbados dançando no balcão. Pra quem curte, é legal, pra quem não curte tanto, o dormitório tava numa distância suficiente pra ter silêncio pra dormir :)

LA PAZ > COPACABANA > ISLA DEL SOL

Na primeira hora da manhã, pegamos o bus pra Copacabana, chegando lá pegamos o barco pra Isla del Sol (+-R$5) ainda durante o dia. Isla del Sol é linda e tem diversos hostels, restaurantes, um por do sol e amanhecer espetaculares.
O amanhecer – 5h da manhã. Essas montanhas são Los Andes!

Hostel: Não reservamos hostel nenhum. Descemos do barco e fomos procurando onde ficar. Opção não falta, se você estiver disposto, tem hotelzão, confortável e tal. Para os mochileiros, tem acomodação a vontade também. No fim das contas, ficamos na ‘casa’ de uma família local. Eles construíram um quarto na lage da casa deles e é isso. Tem um banheiro do lado de fora, chuveiro com água quente… Quero mais o que? =P


Esse é o estilo da acomodação… Mas tem vista! hahaha
Olha a vista e o nosso anfitrião :)
Todas as refeições na Isla del Sol foram baratas (+-R$ 10) e deliciosas. Meio uma cidade de interior. Tudo bem pequeno e caseiro.
No dia de sair da ilha, acordamos cedo pra ver o amanhecer e tomar café num lugar com vista linda.  E como o bus de Copacabana > Cusco sairia as 18h30 então voltamos na primeira barca às 10h30 porque a próxima é muito perto da hora do ônibus e podíamos perder.  Porque Copacabana em si, não tem muito pra ver. Melhor ficar mais tempo na ilha.

COPACABANA

 Copacabana e o lago Titicaca – Bolívia
Passamos o restante do dia em Copacabana almoçando, passeando…. Estava acontecendo uma festa local, tiramos umas boas fotos, comemos umas comidas locais e tal.
A noite pegamos o overnight Bus para Cusco.
BUS LEITO: La Paz 18:30 – Cusco 03:30 da manhã

CUSCO

Chegamos em Cusco de madrugada e fomos dormir.  Aproveitamos o dia pra passear e conhecer a cidade.
Voltamos pro albergue cedo pra poder dormir bem pra trilha – que começava no dia seguinte.
Hostel: Ficamos no SENSACIONAL Hostel Pariwana que nos recebeu durante a madrugada e nos instalou no quarto mais quentinho e cheiroso do mundo dos albergues! – com custo aproximado de R$ 20 a diária.

E eles guardam todos os pertences durante a trilha sem custo adicional!

Ps.: Tira da mochila TUDO que você não vai precisar pra trilha e larga no locker do hostel. Pensa que você vai carregar seu mochilão por 5 dias. Montanha a cima.  

 

TRILHA INCA

Machu Picchu e suas lhamas. 

Fizemos a trilha Inca com a empresa Inca Peru Travel ($280) através da Brasil de Mochila ( info@incaperutravel.com). Existem opções de 3 dias ou 5 dias. Ou você pode simplesmente pegar um trem e ir confortavelmente. Ir e voltar em um dia só. Easy. Mas eu juro que essa trilha foi uma das melhores experiências da minha vida. Recomendo MUITO. E a trilha sim, tem que ser reservada com antecedência. Reservamos ainda no Brasil.
TRILHA INCA via Salkantay – DIA 1
Saímos de Cusco, num transfer, as 4h30 manhã para Mollepata, onde a trilha começa. Caminhamos até primeiro ponto do acampamento.

Dia 1 – começando em Mollepata
Acampamento – dia 1
TRILHA INCA via Salkantay  –  DIA 2

Começamos a caminhar as 7am até Pampa Salkantay. Esse foi o dia mais pesado da trilha, foi fisicamente mais cansativo que os outros. E parte do grupo passou mal por causa da altitude.

Dica, de novo: aceita a folha de coca, não é droga, não é ilegal e sem isso é certo que você vai passar mal.


Animação as 5 da manhã \o/

Trilha para Machu Picchu – segundo dia

Trilha para Machu Picchu – segundo dia
TRILHA INCA via Salkantay  – DIA 3
Começamos as 7am, para caminhar durante 5 horas só. Bem mais tranquilo que o dia 2. No fim da caminhada, paramos para um banho nas piscinas naturais de Aguas Calientes (a água é quente, mas esse é o nome do município).

Aguas Calientes

Acampamento.
TRILHA INCA via Salkantay – DIA 4

Começamos as 7am, para caminhar até os restos arqueológicos de Llactapata. E dormimos no ‘município de Machu Picchu’, pra subir pro santuário na manhã do dia seguinte.

Em algum lugar do caminho no dia 4.
TRILHA INCA via Salkantay – DIA 5
Acordamos muito cedo neste último dia. Papo de 3am. Tomamos um café e caminhamos pela escadaria da trilha Inca em direção ao Santuário Histórico de Machu Picchu ainda escuro, com lanternas. Pra ver o sol nascer lá de cima. SENSACIONAL.
Ps.: Não pode entrar no santuário de mochilão (pequena, pode), mas eles tem locker na entrada.

NOITE: Após conhecer Machu Picchu, voltamos de trem para Cusco  às 23h00. Imundas e muito cansadas, muito. Mas super felizes. Chegamos de volta ao Hostel Pariwana em Cusco de madrugada. Banho quente e finalmente cama!

Chegando no Pariwana de madrugada.

CUSCO

Estaremos em Cusco até o horário do nosso vôo, às 16h10. Almoçamos ceviche em um restaurante local chamado El Paisa e passeamos pela cidade.

Cusco, Peru

LIMA

 Chegamos em Lima pelas 7pm, uma cidade gigantesca (9MI de habitantes). Depois desses dias em Isla del Sol, 5 dias caminhando na montanha, Cusco e sua pequeneza… Lima me pareceu imensa, engarrafada e caótica. Não guardo boas lembranças das minhas primeiras horas lá…

Hostel: Ficamos no Pariwana de novo – foto abaixo – em Miraflores, o bairro “cult/hype” da cidade.


Pariwana Miraflores, Lima
No dia seguinte, passeamos em Miraflores, andamos de bicicleta (R$15/hora), fomos ao centro histórico, no restaurante onde foi inventado o Pisco Sour (que eu achei horrível, mas todo mundo ama, vale provar).
Visitamos também Chinatown e o Mercado Público de Lima. É um mercadão de comida mesmo, bem local. Éramos as únicas turistas.
No último dia, jantamos próximo ao hotel, nosso voo era no próximo dia cedo e é preciso estar no aeroporto com no mínimo 3h de antecedência – e como eu disse, o trânsito não ajuda.

Miraflores, Lima, Peru.

De bike em Miraflores, Lima, Peru.
LIMA > RIO
VOO – Lima (08:50) – Guarulhos (15:40) VOO – Guarulhos (18:10) – Galeão (19:13)
CUSTOS GERAIS
– Passagens aéras: R$ 1400
– Alimentação, albergues, souvenir, ônibus, trens e etc: R$ 1600
– Travessia do deserto (3 dias – Atacama e Salar de Uyuni): R$ 400
– Trilha Inca via Salkantay: R$ 600
Total: R$ 4000

Obs.: Essa viagem foi feita em 2013. Os valores podem estar diferentes devido a alta do Dolar.

Um comentário sobre “Chile, Peru e Bolívia

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s