Nova Zelândia – Roteiro Lord Of The Rings

Atendendo ao pedido dos amigos nerds: Um post sobre as locações do Senhor dos Anéis na Nova Zelândia.
A boa notícia que a Nova Zelândia é um país geograficamente pequeno e cheio de locações do filme, então não é difícil achar (algumas) delas. A má notícia que voar do Brasil pra lá é caro. Mas, se programa, dá uma pesquisada no Kayak e vai na fé. Pelo menos o dólar neozelandês é mais amigável que o americano :)
Vou começar pelos lugares que eu fui, e no fim do post tem links pra listas mais completas, com todas as locações:

Hobbiton tour

Esse é a parada obrigatória e óbvia. Fã ou não da trilogia, acho que todo mundo que visita a Nova Zelândia deveria ir.
É uma visita guiada, sem correria, com tempo pra olhar, tirar foto… Pra melhorar, o tour termina no Green Dragon. A primeira cerveja é presente :)
Quanto: 75 dólares neozelandeses por pessoa.
Onde: Matamata.
Dica: Reserve com antecedência no site Hobbiton Tours.



Mordor e Mount Doom

Onde: Tongariro National Park
Quanto: De graça!
Tongariro Crossing é a trilha pra Mordor.
Esse morro aqui na foto é o Mount Ngauruhoe (Mount Doom / Montanha da Perdição no filme).

Pra fazer a trilha completa reserve um dia inteiro pra isso. A travessia completa tem 19km e não precisa de guia, mas existem empresas que organizam a travessia guiada. Se for alto inverno, até aconselho ir com guia. Porque vai precisar de equipamento específico pra neve e nesses grupos guiados eles normalmente alugam.  Aliás, se for inverno, pesquisa o risco de avalanche ANTES de começar a trilha.
Ps.: Como é ‘travessia’ não termina no mesmo lugar que começa. Portanto, se você está de carro com um grupo de amigos, por exemplo, alguém tem que querer não fazer a trilha (ou só fazer um pedaço e voltar) pra poder dirigir a ponto em que a trilha termina pra te buscar ;) Ou, tem caso você precise de um transfer de volta pra onde você deixou o carro, depois da travessia: achei um shuttle bus aqui.
Como chegar, sem tem carro: achei esse site aqui com transfers vindo de cidades próximas.
Se você quiser ver o Mt Doom e não puder / quiser fazer a trilha toda, basta fazer um pedacinho de Pukeonake até Soda Springs. Leva umas horas só. Não lembro quanto tempo e o clima também vai influenciar, se estiver com muita neve, obviamente vai demorar mais. Olha o mapa aqui:

Weta Cave

Quanto: 25 dólares neozelandeses.
Onde: Wellington
Reserva com antecedência aqui Weta Workshop.
Ainda na ilha norte, essa é outra parada obrigatória – ainda mais se você se interessa por cinema em geral. Fica na cidade de Wellington, bem fácil de chegar.
Weta Cave, apesar do nome, não tem nada de caverna. Weta é a empresa (vendedora do Oscar) que faz os efeitos especiais do Hobbit e do Senhor dos Anéis. Eles também fizeram outros filmes tipo MadMax, Godzilla, Homem Aranha etc (tem a lista completa dos projetos da Weta aqui). Weta Cave é um museu pequeno com figurinos, estátuas dos personagens em tamanho real etc. Eles têm uma visita guiada, que eles chamam de Weta Workshop. Durante o workshop eles mostram várias coisas sobre a produção dos filmes.

Vale MUITO a pena. Não tenho fotos do tour em si, porque não pode tirar foto lá dentro. As fotos abaixo são na lojinha / exposição que tem na entrada.

Caminho dos Mortos (Putangirua Pinnacles)

Não muito longe de Wellington (2h de carro) fica Putangirua Pinnacles – um national park. Esse parque, no filme é o Caminho dos Mortos (the paths of the dead). Eu não fui, mas acho a dica muito válida pra quem vai na Weta Cave, já que é relativamente perto. A foto abaixo é do TripAdvisor.

Dica: Eu ACHO que dá pra fazer the paths of the dead e Weta Cave no mesmo dia.
Se você chegar em Wellington na noite anterior, por exemplo. Pega a estrada pra Putangirua Pinnacles de manhã (2h de carro), chegando lá tem cerca de 30 minutos de trilha leve + tempo pra descansar, tirar fotos etc. Depois 30 minutos da trilha leve pra voltar pro carro e 2h dirigindo de volta pra Wellington. Então, eu aconselho ir a Putangirua Pinnacles de manhã cedo e calcular de 6 a 7h pra ir e voltar com calma e talvez ainda dê pra pegar o tour da Weta Cave no fim da tarde.
Obs: todos os passeios acima são na Ilha Norte. Em Wellington, eu peguei um vôo pra Ilha Sul (pra Christchurch). Você também pode atravessar de ferry (e inclusive pode atravessar o carro de ferry). Fica de olho no que sai mais barato. Eu paguei menos de 50 dólares no vôo. Mesmo sendo 4 pessoas, e atravessar a van de ferry e dividir o custo saía mais caro do que pegar um avião e alugar outra van na Ilha Sul. Tem mais informações no post sobre o roteiro completo que fizemos de campervan, pelas duas ilhas.


Milford Sounds

Aparentemente as cenas em Isengard, Lothlórien e Amon Hen foram gravadas em áreas próximas ao famoso Milford Sound Fjord, no Fjordland National Park. Que fica na pontinha da Ilha Sul.
Quanto: Depende do operador do cruzeiro. Eu paguei 125 NZ dollars.
Onde: Fjordland National Park
Dica: Independente do operador do cruzeiro, reserva com antecedência. Reservamos pela Juicy (a mesma empresa que alugamos a van, nos deram desconto) no dia em que pegamos a segunda van na ilha sul.
Milford Sounds é um cruzeiro de umas 3h no Tasman Sea. É mar, mas fica entre as montanhas do Fjordland National Park. As fotos não fazem jus, mas é muito bonito. Você vai ver cachoeiras caindo no mar (vindo das geleiras), focas, etc. E vai navegar entre as montanhas até mar aberto e volta.

Algumas fontes para mais detalhes:

Para os fãs que gostam de livros (impressos, na prateleira do quarto), uma boa opção é comprar um guia chamado the Official Film Location Guidebook, do Ian Brodie. Vem com bastante explicação, fotos e coordenadas pra por no GPS.
Para quem não precisa de tanto, o mundo maravilhoso da internet tem informação a vontade. Eu recomendo dois sites:
– O site oficial do departamento de conservação da Nova Zelândia (New Zealand’s department of conservation), tem uma lista com as  coordenadas pra por no GPS, já que boa parte das gravações foram em National Parks.
– O site oficial de turismo na Nova Zelândia (newzealand.com), mais especificamente nessa página, que tem uma lista com as locações dos filmes.
Por fim, pra quem não ta afim de ficar desbravando a Nova Zelândia, se perder com os mapas e GPS ou simplesmente não quer dirigir na mão inglesa, existem tours. Por exemplo, Lord of the Rings Twizel Tour. Eu particularmente não posso recomendar nenhuma, porque não fizemos tudo por conta própria.
Ps.: Tanto o livro, quanto os sites são em inglês.
Se você ta planejando sua viagem pela Nova Zelândia, confere aqui o post sobre o roteiro completo que fizemos de campervan, pelas duas ilhas. E, caso você queira alugar uma campervan, tem um post só com detalhes sobre a campervan, explicando onde alugar, onde parar pra dormir e etc.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s